Miopia: causas e tratamentos





Você sabe o que é miopia? Esta é uma deficiência na visão que afeta a vida de muitas pessoas. Neste artigo você aprenderá um pouco mais sobre ela e também entenderá seus tipos e tratamentos para miopia.

Miopia: causas e tratamentos

Miopia: causas e tratamentos

A que chamamos miopia?

Uma ametropia que é um defeito da refração ocular que condiciona uma diminuição da visão para
longe.

A que se deve essa alteração?

Em situação normal, os raios de luz enfocam ou convergem a nível da retina graças ao poder de acomodação do cristalino. Na miopia, os raios luminosos procedentes do infinito, entendendo-se como tal toda distância superior a 5 m, não se unem a nível da retina, mas seu enfoque tem lugar diante desta. Ela faz com que não se veja bem um objeto à distância.
Em resumo, se este objeto estiver perto do olho, o ponto de enfoque se atrasa até chegar a coincidir com o plano da retina e tem-se uma visão normal.

Por que se origina a miopia?

A miopia se deve a um achatamento do globo ocular por seus polos superior e inferior. Ou seja, o olho míope é aquele que tem o diâmetro ântero-posterior superior ao normal. Também pode dever-se ao aumento da curvatura da córnea, ao início da catarata, ou a espasmos da acomodação. Todas essas causas produzem um aumento da refração do cristalino.

É hereditária?

Apresenta uma acentuada tendência a herdar-se; mas raras vezes é congénita.

Quais são seus sintomas?

Muitas vezes se manifesta unicamente pela visão imperfeita à distância. Entre outras coisas, o míope acusa moléstias quando trabalha usando a vista de perto, e seus olhos se cansam com facilidade, tem maior sensibilidade à luz e às vezes percebem manchas negras e avermelhadas. 0 paciente tende a entortar os olhos, pois assim melhora sua visão.

E não manifesta outros sinais externos?

Em graus avançados de miopia observa-se proeminência dos olhos, dilatação das pupilas e posição das pálpebras muito apertadas no intento de aumentar a convexidade das estruturas que intervêm na acomodação ocular. Se a convergência for tão excessiva que chegue a provocar dor, o olho míope pode abandonar este esforço.

É completamente normal a visão próxima do míope?

O míope — ou curto de alcance — tem uma visão de perto muito boa, inclusive melhor que a de um sujeito normal.

É progressiva a evolução da miopia?

Existe uma miopia simples ou estacionária que costuma desenvolver-se moderadamente durante a juventude, e sua progressão se detém até os 20-25 anos. Todavia, há também uma miopia progressiva que em certas ocasiões pode associar-se com lesões graves do olho e produzir uma miopia maligna ou perniciosa.

A que transtornos ou anomalias oculares predispõe?

A miopia predispõe ao estrabismo divergente, ao desenvolvimento de cataratas e ao desprendimento da retina, embora nem sempre se produzem esses casos.

Que prognóstico tem?

Se a miopia não se desenvolver demasiadamente rápido, e se se corrigir com lentes adequadas, o prognóstico é muito bom. Mas se a miopia tiver progressão rápida, o prognóstico é grave.

Qual é o tratamento da miopia?

Corrige-se mediante o uso de lentes côncovas. Ao mesmo tempo deve-se limitar o esforço ocular para evitar a fadiga dos olhos e impedir o progresso da doença. Se a miopia é avançada, é necessário usar lentes para a visão para perto e outras para a visão para longe.

Deve-se usar óculos continuamente?

Os óculos devem ser usados tanto para a visão para perto como para longe, exceto nos casos de miopia leve, nos quais se permite a leitura sem óculos.

Que medidas devem ser tomadas para se evitar o progresso da miopia?

É importante uma higiene ocular rigorosa, principalmente nos jovens. Esta higiene consiste em que ao efetuar trabalhos perto dos olhos, se faça em ótimas condições de iluminação e distância do objeto e em tempo não muito longo.

Um menino com miopia progressiva deve deixar de ir à escola para evitar a progressão de sua doença?

Não, pois já foi comprovado que privar-se de realizar tarefas que precisam da visão próxima não adianta nada.

Sem comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>